Páginas

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

A Gestão do Conhecimento

Por Eliane Gonçalves,

A gestão do conhecimento tem se tornado fundamental nas empresas nos dias atuais, para sua sustentabilidade e crescimento.

Como diz Ducker (1997) na sociedade do conhecimento, a fonte impulsionadora é a informação, cada vez mais as empresas começam a ter como sua maior riqueza o seu conhecimento.

Isso tornasse um grande desafio quando o conhecimento está nas pessoas e nas suas mentes e não em processos desenhados e mapeados.

Hoje, grande parte dos profissionais das organizações faz parte das Gerações X e Y, essa última tem como característica a agilidade nas informações digitais e nas redes de relacionamento, fazendo com que tenhamos um perfil de profissional também mais disponível a novos desafios e na busca incansável de inovações, informações e conhecimentos. É uma geração digital, onde somado a competitividade passa a não existir mais a necessidade de se manter em um único emprego por muitos anos. Para quem estiver qualificado sempre existirão oportunidades atrativas no mercado e com certeza ocorrerão mudanças de empresas, de trabalho e etc.

Só que quando o conhecimento está nas pessoas e esses não são mapeados, divididos e multiplicados, o profissional sai da empresa e leva todo o conhecimento do negócio, deixando um grande vazio para ser preenchido, onde na maioria das vezes não existirão profissionais no mercado, ou até mesmo dentro da instituição para substituí-lo.

Além disso, ninguém é um ser imortal, podemos ficar doentes ou até mesmo morrer. Morrer faz parte da vida. E como ficará nosso conhecimento? Como ficará nossa empresa, se ela não tiver uma gestão do conhecimento bem estruturada e definida?

Portanto, para que uma empresa tenha sucesso, a gestão do conhecimento deverá estar sempre nos processos e não nas pessoas.

Seria ótimo se pudéssemos colocar um plug no nosso cérebro e transferirmos o conhecimento nele existente para outras pessoas, mas essa tecnologia ainda não existe. Só existe uma maneira de estruturar de forma qualificada a gestão do conhecimento: capacitar constantemente os colaboradores, multiplicando o conhecimento adquirido e mapeando os processos existentes, para na falta de um profissional, a empresa tenha ferramentas para dar continuidade ao trabalho realizado.

Parece tarefa simples, fácil na teoria, mas difícil na prática, pois envolve tempo, dedicação e comprometimento dos profissionais envolvidos.

Não existindo mais espaço para o profissional centralizador, ou para aquele perfil de profissional que não gosta de ensinar, com receio de que “peguem” o seu lugar na empresa.

E você tem facilidade de dividir seus conhecimentos? Como está estruturada a gestão do conhecimento em sua empresa?

Eliane Gonçalves é Administradora de RH com 10 anos de atuação em Gestão de Pessoas. Atualmente Gestora de RH de uma empresa do ramo de softwares do Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Consultor em gestão de negócios, especialista em Auditoria e Treinamento, focado na implementação do Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente, e Qualidade - SASSMAQ, Sistema de Gestão da Qualidade - ISO 9001, Sistema Gestão de Pessoas - RH, bem como, aplicação de metodologias de Organização e Métodos, e Planejamento Estratégico. Atuo no sentido de sensibilizar e educar as pessoas nos novos conceitos que serão colocados em prática. Acredito que ao criar consciência para novos valores, isto atuará numa mudança comportamental com reflexos positivos pessoais e profissionais. Sócio fundador e diretor do Grupo VANGUARHDA, buscando um crescimento sustentável e significativo desde sua constituição, tendo mantido forte presença em seu mercado, atuando em vários segmentos, tais como: transportes, logística, metal-mecânica, artigos de borracha, Indústrias Químicas, comércio e serviços. Meu Twitter:@ismavanguarhda